Sistema Educacional Austríaco

Visão Geral

As universidades da Áustria diferem bastante entre si em termos de tamanho e estrutura. Os estudantes que desejam continuar seus estudos na Áustria com programas de estudos em universidades clássicas de Viena, Graz, Innsbruck, Klagenfurt, Linz e Salzburgo estudarão um amplo espectro de diferentes disciplinas acadêmicas. As universidades especializadas em educação na Áustria, como por exemplo, a Universidade de Leoben, concentram-se em disciplinas teóricas e aplicadas especiais. O ensino e a pesquisa são vistos como uma unidade inseparável das universidades da Áustria. Os cursos estão disponíveis em todas as áreas acadêmicas (ciências humanas, ciências naturais, direito, ciências sociais e econômicas, medicina, tecnologia, ciências mineiras, recursos naturais e ciências da vida aplicada e medicina veterinária), porém mais ênfase no trabalho interdisciplinar. O trabalho de pesquisa interdisciplinar promove uma educação universitária que visa desenvolver conceitos e soluções perspicazes. O diálogo permanente com o comércio e a indústria levou ao estabelecimento de um grande número de centros de competência nos quais ocorre uma cooperação inovadora entre departamentos universitários e empresas.

 

Títulos do Sistema Universitário

Nos últimos anos, o sistema educacional na Áustria introduziu o sistema europeu de três níveis de graduação, de acordo com o processo de Bolonha. Salvo em algumas áreas e universidades, o antigo sistema de dois níveis ainda existe (por exemplo, Medicina).

BACHARELADO
Os programas de bacharelado são geralmente criados por universidades de ciências aplicadas e faculdades de formação de professores. Os estudos geralmente duram um período de 3 anos (180 créditos ECTS ou 6 a 8 semestres; em alguns casos, são 240 créditos, dependendo da universidade ou dos requisitos de empregabilidade). Os estudos de mestrado, por outro lado, exigem a conclusão bem-sucedida do programa de bacharelado que dura cerca de 2-4 semestres

DOUTORADO (Phd)
PhDs são baseados na conclusão de diploma ou mestrado. Os programas duram pelo menos 6 semestres (2 anos) e são baseados na capacidade de pesquisa autônoma.

MAGISTER ou MAGISTRA (PROGRAMAS TRADICIONAIS DE DIPLOMA)
Até 2006, o Magister ou Magistra (feminino) era considerado um grau acadêmico típico. O estudo Magister durava entre quatro e seis anos e, dependendo do curso escolhido, terminava com um mestrado diferente. Com a conversão para o Sistema Bacharelado-Mestrado, o estudo Magister foi adaptado ao novo ciclo. Como regra, dois anos foram atribuídos a um programa de bacharelado para adquirir o mestrado.

Para iniciar um estudo de mestrado, você geralmente deve ter a qualificação universitária para ingresso na universidade. A participação bem-sucedida em um processo de admissão também pode ser o pré-requisito para um estudo Magister em muitas universidades e faculdades técnicas.

Antes da reforma de Bolonha, o pré-requisito mínimo para um mestrado era geralmente um bacharelado no mesmo ou em um campo de estudo relacionado.

Como o estudo Magister às vezes dura muito mais tempo do que o diploma de bacharel, o programa Magister também ganha mais pontos de crédito – você pode ganhar entre 240 e 300 ECTS, dependendo do programa de graduação.